Institucional

notre-dame-recreio-institucional

A Rede de Educação Notre Dame realiza o seu fazer pedagógico inspirada na precursora da Congregação das Irmãs de Notre Dame, Santa Júlia Billiart. A francesa que vislumbrou e, em 1804, concretizou a fundação de uma congregação religiosa cujo propósito era a educação integral de crianças e adolescentes, nasceu em Cuvilly, em 1751. A obra evangelizadora e educacional de Júlia ultrapassou os limites geográficos, administrativos, metodológicos e conceituais do seu tempo e, atualmente, está presente em cinco continentes.

As primeiras religiosas missionárias que viviam sob o carisma das Irmãs de Notre Dame chegaram ao Brasil em 1923. Hoje, cerca de 10 mil crianças e adolescentes recebem, nas escolas da Rede de Educação Notre Dame, educação voltada para um mundo em constante transformação e desenvolvimento tecnológico. Para isso, as instituições de ensino mantidas no Rio Grande do Sul, no Rio de Janeiro, em São Paulo e no Distrito Federal comprometem-se em educar sem fronteiras, o que implica estarem abertas ao novo e a antever esse novo, centradas no educando e na sociedade em que estão inseridos.

A história do Colégio Notre Dame Recreio teve início em janeiro de 2002, quando as Irmãs de Notre Dame fundaram, no bairro Recreio dos Bandeirantes – localizado na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro -, uma escola com o objetivo de atender as famílias que ali habitavam. Inicialmente, a instituição de ensino dispunha de turmas de Educação Infantil e Ensino Fundamental I. Com o aumento no número de educandos matriculados, passou oferecer àquela comunidade novos segmentos de ensino. Em 2009, o Colégio já oferecia a Educação Básica completa – desde a Educação Infantil até o Ensino Médio.

A missão das religiosas, desde a inauguração da instituição Notre Dame, era a de apresentar àquela comunidade uma proposta diferenciada de ensino, com educação humanista que tem como base a bondade e a firmeza, princípios disseminados por Santa Júlia, considera o indivíduo como o centro do processo de aprendizagem e a troca entre educador e estudante como fundamento para que ela aconteça.